ITCMD: O QUE É E QUANDO DEVO PAGAR?

Atualizado: 25 de jun.



Imposto sobre a Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD) é um tributo estadual, cobrado, como nome já diz, sempre que um patrimônio, seja bens móveis ou imóveis, é transferido para alguém por meio de herança ou doação.


Está previsto no artigo 155, inciso I, da Constituição Federal e nos artigos 35 e seguintes do Código Tributário Nacional:


“Art. 155. Compete aos Estados e ao Distrito Federal instituir impostos sobre:
I - transmissão causa mortis e doação, de quaisquer bens ou direitos;”

“Art. 35. O imposto, de competência dos Estados, sobre a transmissão de bens imóveis e de direitos a eles relativos tem como fato gerador:
[...]
Parágrafo único. Nas transmissões causa mortis, ocorrem tantos fatos geradores distintos quantos sejam os herdeiros ou legatários.”

O valor pago a título de ITCMD varia de um Estado para o outro. Porém, não pode ser maior do que 8% dos bens recebidos por meio de herança ou doação, conforme determina a Resolução nº 9/1992, do Senado Federal.


Dessa forma, quem recebe um imóvel, seja por meio de herança ou doação, deverá pagar o ITCMD, no valor máximo de 8% sobre os bens recebidos.


Gostou do conteúdo? Espero que sim!


Se ficou alguma dúvida, clique aqui para conversar comigo.


Também estou disponível no INSTAGRAM, FACEBOOK, YOUTUBE e SPOTIFY e outros streamings de podcast.


Por Felipe W. Dias.


Em breve disponível no youtube, spotify e principais streamings de podcast.


#direito #direitoimobiliario #imobiliario #direitotributario #tributario #tributos #impostos #itcmd #felipewdias

WhatsApp.png